terça-feira, 22 de abril de 2008

Como sair de uma relação? Há uma fórmula de sair sem ninguém se machucar?

Eis um tema assustador: sair de uma relação. Mas não tem jeito, quando você não está mais interessada, a relação não tem como continuar.
Realmente alguém sempre sai mais ferido do que o outro, é sempre doloroso e há sempre aquele apelo sentimental, do tipo: "O que aconteceu? Você esqueceu como éramos felizes juntos? Vamos tentar mais uma vez?". Todas essas perguntas que te deixam mais confusa e perdida.
A verdade é que todos merecem uma segunda chance, porém, quando se começa a pensar em sair da relação, é porque algo não está legal. Certo? Nesse primeiro momento começa aqueles terríveis DRs (discutir a relação) que acontecem um dia sim e outro não, do tipo que se fala e não chega a lugar nenhum. E você se vê cada vez mais presa e ao mesmo tempo não quer magoar o outro e ao mesmo tempo não sabe se é isso que você quer. Por outro lado bate aquele pânico de estar sozinha, se cansar da vida de solteira no segundo dia e cair na tentação de mandar aquela mensagem melosa para o EX na madrugada. Pensamos até que sem “ele” não vamos viver, que como “ele” não tem igual... Calma. Não é fácil, mas também ficar com alguém que você já não sente o coração bater, os olhos brilharem, o mundo parar, não é legal.
Nessas horas você deve ouvir seu coração. Não tenha medo de terminar uma relação com dúvidas sobre o amanhã. Não tenha medo de perguntas do tipo: E se eu quiser voltar e"ele" não me querer mais? O medo de tomar uma decisão errada é pior do que chegar a tomá-la, porque o medo faz com que você não saia do lugar. E também não podemos ficar no “Se”: “Se eu tivesse tentado...” “Se eu não tivesse feito isso ou aquilo...” Sem essa de ficar se crucificando! Antes errar por ter terminado e querer voltar, do que errar por não ter terminado e começar as traições, o afastamento, os "perdidos"...
É sempre doloroso tomar uma decisão, fazer uma escolha. Mas é preciso. Errando e acertando, é assim que a gente aprende.

Beijos

Lud Figueira

6 comentários:

Anônimo disse...

é assim mesmo que me sinto! meu esposo me mogoou e me magoa muito, diz que vai mudar e não vejo mudança alguma. To com o corpo e alma cansado de tentar e não chegar a lugar algum. Já estou no segundo casamento e quero ser feliz e não sou.

Anônimo disse...

é complicadoo de mais,sou noiva preste a se casar,nem me casei mais ja tenho certeza que não vai dar certo,agora pra completa me aparece um ex do qual gostei muito, ele quer que largue tudo pra ficar com ele, nossa as vezes penso em fazer isso mesmo,mais quando penso que so meu noivo é capaz de sacrificar-se por mim perco a coragem, e tenho medo dele sofre,medo de me arrepender,medo de muitas coisas, mais tipo se eu ama-se meu noivo de verdade acho que não pensaria nem por um segundo em fazer isso num acha? estou muito confusa.

Anônimo disse...

nomoro ha 3 anos.Meu namorado sempre foi carinhoso, porem nas brigas sempre me tratou com muito desrespeito, ate que um dia minha mãe acabou falando com ele.Ele se magoou, achou minha mãe super errada em me defender e se afastou do nosso convivio. Agora para nos vermos eu tenho q ir atras dele, raramente ele me liga, ja não aguento mais viver assim.Não tenho mais seu carinho, sua atenção que agora é toda voltada para os amigos e familia.Tenho medo de acabar com essa relação de vez pq amo muito ele..mas não posso continuar me magoando e me iludindo.Nosso namoro acabou, preciso aceitar e tentar me dar uma nova chance...

Anônimo disse...

EU TBM TENHO MEDO DE TERMINAR ,MAS JA CONVERSAMOS MAS MEU MARIDO NAO MUDA ELE E IMPREVISIVEL ,TA DESEMPREGADO A MUITO TEMPO E KUANDO CHEGO EMCASA ELE NAO ESTA DEIXA UM BILHETE,E SOME FIKA TRES ,QUATRO DIAS FORA,ESSA ULTIMA CONVERSA PROMETEU SER CASEIRO E NAO DURMIFORA ESSA PROMESSANAO DUROU NEM UM MES ,E JA SUMIU,ACHO K TEM OUTRA PESSOA ,DIGO A ELE SE TEM VAI TENTAR MAS NEGA E MENTE O TEMPO TODO..DESSAVZ BASTA PRECISO DE AMOR PROPRIO..

Anônimo disse...

Tudo foi tão rápido eu tinha acabado de sair de uma relação dolorida que me fez partir para longe, e aqui encontrei alguem que não me chamou atenção, mas num momento de carencia me deu afeto e carinho e em poucos dias fomos morar juntos, mas acabei gostando dele com o tempo hoje faz 5 anos que estamos juntos, mas trabalhamos em lugares, cidades diferentes e raramente nos vemos, sinto vontade de ficar com outros de ter um amor de verdade, sabe só de pensar em ficar com ele fico mal, pois gosto muito dele como amigo, irmão, pai,,,só carinho, mas ele me ama de mais e sofre cada vez que eu falo em sair fora, não sei o que fazer e agora estou saindo com alguem e se ele souber ele me mata....sei lá, só não sei como me virar sem ele, fiquei de certa forma dependente dele, nao que ele me sustente, isto nao eu trabalho, mas sem ele aqui fico sem ninguem e se eu ficar doente ou precisar de ajuda ele disse se nós nos sepaar ele vai me odiar do tanto que ele me ama....

Anônimo disse...

é mt complicado mesmo, tenho 51 e ele 27 ha 1 ano estamos namorando, ja chegamos até tentar morar juntos, não deu pq ele quer continuar levando a vida de solteiro, ou seja, ele só quer o direito de ir e vir qdo bem entender e nenhum dever quer compartilhar, gosto mt dele, mas preciso de um companheiro que me ajude, me acompanhe de verdade, as vezes tenho um impulso de ttrminar, mas... tenho medo de sofrer mt e depois que eu tterminar, não vou querer voltar, mas tenho certteza que não resistirei as tentações, e é aí onde fico nesse impasse.