segunda-feira, 30 de agosto de 2010

CABEÇAS COMPLEXAS

Eu não sei nem por onde começar. Não sei se eu peço desculpas pela minha impulsividade e meu desejo incontrolável ou se eu dou graças a Deus pelo outro não ter cedido ás minhas investidas via sms.

Covardia da minha parte, procurá-lo depois do próprio me dizer que essa "situação" não era possível. Vou ser muito sincera: Minha cabeça já entendeu mas meu corpo não; e é pelo seu corpo que o meu chama. Não posso ignorar toda aquele jogo de arte e suor que houve em três míseros encontros, em três momentos inesquecíveis...

Essa falta, esse intervalo entre uma aventura e outra me mata, me consome, me engole. Ok. Já entendi que seu coração não pertence nem a você, mas decidi que não quero um romance, não quero um passeio no parque e nem uma ida ao cinema, eu quero o seu olhar no meu, quero suas mãos no meu corpo, quero me conectar por horas sem pedir para parar. Não quero mais parar.

Caralhada! Porque tem que ser tão difícil tudo?
ME SEQUESTRA?

beijos
Lud Figueira

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Não se apaixone por mim.

Ele disse: Não se apaixone por mim.
Ela disse: Desculpa, você me disse isso um pouco tarde.

Como assim?

Ah! Seria um sonho encantado se todos pudéssemos adestrar o nosso coração. Se a gente falasse: "Esse cara ou essa mulher você(no caso o coração) não pode se apaixonar!", ou "Ah, esse você pode...". O mundo seria perfeito onde todas as pessoas seriam bem resolvidas e viveriam sempre bem com seus amores!

Mas não é assim que a banda toca. Mas,as vezes é bom rolar esse balde de água fria.

Quando o cara disse para não se apaixonar por ele, leia-se: "Gosto de você, mas se você se apaixonar por mim as coisas vão desandar!" Ou seja: Para ele, o legal é esse relacionamento, se você começar a se envolver, ferrou! Ele não saberá o que fazer e a idéia de vê-la triste afastará ele ainda mais do seu caminho!

Nossa! Quanta bondade desse cara!

Páaaaaara tudo! Esse cara não gosta porcaria nenhuma de você. Ele não quer é se meter em mais problemas!Mas, por outro lado você também não quer isso, então, as palavras dele passam um tempo rondando sua cabeça e você se decide:

"Ok. Você está certo. Eu não devo me apaixonar por você e nem você por mim."

Até porque você não pode obrigá-lo a gostar de você. E nem você quer isso. Se você estava levando a situação de uma forma: Deixa a vida me levar.... Agora você está controlando ações, sentimentos, palavras...e com isso, perdendo o entusiasmo por novos encontros. Até porque "não poder isso ou não poder aquilo" é muito chato!


Enfim, o tempo sempre se encarrega de pôr as coisas no devido lugar!

Um beijão

Lud Figueira

sábado, 21 de agosto de 2010

Ele merece uma segunda chance?

Ainda faço parte do clube: Todos merecem uma segunda chance.

Eu coloquei "ainda", porque nem todas as pessoas aprendem com os erros cometidos. Então, pode ser que um dia eu escreva para vocês dizendo que não acredito mais em uma segunda chance. Como, "ainda" não chegou esse dia, vamos falar da segunda chance.

A segunda chance vale a pena depois que o outro percebeu o erro cometido (pediu desculpas, ligou, ou na oportunidade que teve conversou com você sobre o ocorrido) e pediu uma chance, um novo encontro ou se mostrou disposto a mudanças.

Claro que, não estou aqui me referindo a Traição. Realmente esse é um item que é complicado opinar. A traição é algo que só quem sente pode dizer se deve ou não dar uma segunda chance. E, nenhuma pessoa tem o direito de criticar a decisão do outro. Porque TODO MUNDO tem teto de vidro. Estou aqui, me referindo, a segunda chance dada nos seguintes casos:

1- Ao cara que perdeu o "time" mas mostrou que realmente não foi por não querer mais vê-la, mas sim por questões profissionais(ou seja lá o que tenha sido) e, mostrou que você faz a diferença na vida dele;

2- Ao cara que mal te conhecia, mentiu desnecessariamente, mas pelo rápido envolvimento ter significado alguma coisa, se mostrou "arrependido" e pediu uma nova oportunidade de mudar aquela imagem deixada;

3- Ao cara que sumiu, desapareceu, mas depois de várias investidas (porque você passou a dizer não por causa do sumiço dele; até porque um encontro não pode rolar só quando um quer, isso é algo que tem que rolar quando os dois querem e se sentem bem)você resolveu dar uma segunda chance para ver se é só "fogo de palha" ou o cara é bacana só estava com dificuldades para perceber que você não é como as outras;

4-Uma segunda chance também é válida para um cara que você descartou na primeira saída por não ter preenchido alguns requisitos. Vale a pena dar uma outra oportunidade para o cara, afinal tem pessoas que não rendem muito no primeiro encontro, mas com a intimidade e outros encontros, faz com que você se surpreenda;

5- Vale dar uma segunda chance para você. Sim, para você. Explico: As vezes saímos com um cara, que percebemos que é o tal problema, mas sem ter muita certeza, precisamos de mais uma chance para tirar a tal prova dos nove. Até para poder ser sensata na decisão de continuar ou não com o tal envolvimento.

6- Para situações mal interpretadas. Ligações estranhas(o cara não podia falar e sem querer te tratou mal, ficou sem reação com a sua ligação e não soube o que dizer e meteu os pés pelas mãos, etc.), para uma situação de estar com você numa noite e de repente se deparar com a ex e ir embora (dá para compreender e marcar um segundo encontro), para comentários mal interpretados por você "virtualmente"(conversas de msn sem exclamação, recados de facebook e derivados), fofoca de amigos (a maioria como já disse só atrapalha- felicidade alheia incomoda. Mas, fique calma, pois não são todos! Há pessoas que ficam felizes em ver outras pessoas felizes) e por último, dependendo da explicação, a justificativa de um celular desligado depois de marcar um encontro e não aparecer (essa explicação tem que ser muito boa para merecer uma segunda chance de ter um encontro com você depois do "bolão" que você ganhou).


Sei que há outros casos, mas esses são os principais que de repente, dependendo do desenrolar da justificativa, vale a pena dar a tão especial e ÚNICA segunda chance.

Cuidado com os comediantes. Aqueles que ainda não foram descobertos pelo STAND UP (comédia em pé)as explicações desses caras costumam ser as mais elaboradas e engraçadas onde você sem perceber dá uma segunda chance e geralmente se arrepende depois!


Beijos

Lud Figueira

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Como avaliar seus pretendentes: Como escolher o melhor!

Essa história de um amor numa cabana e viver de coco numa ilha deserta, deixamos com Brooke Shields em "A Lagoa Azul".

Ao detectarmos o fato: "estamos apaixonadas", é preciso coletar dados do futuro pretendente e saber se ele preenche os requisitos necessários para definitivamente ganhar nosso coração.

Claro que, nos dias de hoje, não se deve deixar impressionar pelo estado civil marcar "solteiro". Até porque isso só quer dizer que a pessoa não tem ninguém "fixo", mas também não está sozinha.

Nesse longo processo de escolha do pretendente, não analisamos só o candidato à vaga no nosso SELECIONADO E CRÍTICO coração. É claro que há um favorito, o que nem sempre quer dizer que seja o melhor candidato (cuidado com os cafajestes! eles costumam se sair bem nas entrevistas). Por isso, até que analisemos minuciosamente os currículos, todos são possíveis candidatos.

Claro e evidente, que o cara que de certa forma mexe com as nossas estruturas tem muitos pontos na frente dos outros concorrentes, mas ainda não o faz vencedor. Pois, vale lembrar que somos MULHERES DIFÍCEIS!

Exemplo:

Você está loucamente apaixonada por um cara que não mora na sua cidade, mas é tudo de bom. Em contra partida, existe um outro cara na sua cidade que seu coração dá pulos de alegria ao vê-lo, mas o tal ainda está preso no mundo do "Peter Pan" e não quer assumir nenhuma responsabilidade com nada.

Como fazer:

Coloque os nomes dos pretendentes (cara 1 e cara 2) numa folha em branco e escreva ao lado dos nomes: Pontos Negativos e Pontos Positivos.

Exemplo:

Cara 1:
P.N- NÃO TRABALHA
P.P- MUITO ATENCIOSO

CARA 2:
P.N- DIFICULDADE EM CRIAR VÍNCULOS
P.P- LIGA SEMPRE NO DIA SEGUINTE

ETC...


Depois disso, analise os currículos atenciosamente. Tente deixar o péssimo conselheiro, chamado sentimento, de lado e seja sensata.

LEMBRETES IMPORTANTES:

- Sexo pode não ser bom sempre, mas amor de verdade é para sempre;
- Beleza não dura para sempre. A velhice chega até para os sarados;
- Não mudamos ninguém;
- Amor não enche barriga;
- Esforço e atitude é sempre levado em consideração;
- O futebol não atrapalha. São os amigos que às vezes não ajudam muito;
- Personalidade é algo marcante;
- Admiração pelo outro é fundamental, repito: FUNDAMENTAL!


Bom, depois de esclarecer o real perfil dos candidatos, tire uns dias e faça sua aposta!

P.S.: Se não der certo, com certeza você terá outros currículos para avaliar!

Boa Sorte!

Beijos

Lud Figueira

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Virando a página

Preciso e necessário. Saber enxergar a luz piscando avisando:"Chegou a hora, acabou. Por favor mude o capítulo! Vamos virar a página?"

É isso que vamos fazer. Vamos pegar uma folha em branco e escrever uma nova história. Aquele capítulo já estava cansativo, os protagonistas estavam chatos e precisamos de movimento, mudanças, criar, de novidades para o nosso novo capítulo.

Para isso acontecer, precisamos resolver certas questões:

Primeiro: Livre-se da culpa por qualquer decisão que você tenha se arrependido; ou você volta atrás, procura mesmo, sem se preocupar com o que você fez antes ou então desista! A vida do outro já seguiu! Vai ficar fazendo o que ai, sozinha e ainda por cima pensando no "Se": "Se eu tivesse feito isso, falado aquilo, pensado assim ou assado." (Ah, cara, sai dessa! Abre um mate com limão!)

Segundo: É necessário querer sair desse baixo-astral, tirar esse moletom, tomar um bom banho e principalmente cuidar de você! Essa depressão pós-fora, ou término de namoro, ou mais uma briga daquelas com o namorado, ficante(seja lá que nome tenha) já deixou você mal tempo suficiente. Não dá para ficar cultivando o papel de vítima(as amigas já não aguentam mais ouvir a mesma história! Na verdade nem você aguenta mais contar!), esse papel não te pertence mais! Vai buscar a heroína e a mulher poderosa que há em você!(para algumas shopping resolve, para outras um bom sexo com um desconhecido é uma boa saída)

Terceiro: Mude o foco. EXTREMAMENTE importante que você comece a reparar em outras coisas das quais antes não eram interessantes mas, se de repente você olhar de outra forma, sua opinião pode mudar: "Nossa, pensando bem,,,,," NÃO é para você começar a fazer caridade por ai! (Madre Tereza já partiu dessa para melhor!) É para você ampliar seus horizontes (não a agenda telefônica como nossos amigos homens fazem),mas sim, conhecer lugares novos, PESSOAS novas, gente de outra tribo(larga de ser preconceituosa, os esquisitos também amam).

Bom, depois de seguir esses três "mandamentos", sua página em branco ganhará novas histórias, novas risadas e novas experiências, momentos que precisam e devem conter mais humor do que drama. Cara! A gente já complica tanto as coisas, poderíamos pegar mais leve nas questões sentimentais(que já nos consomem demasiadamente).

É importante Não cair em tentação(muito menos cobiçar o homem alheio), aprender com os erros anteriores(cometa erros novos), se libertar do passado (figurinha repetida não preenche albúm)e entender que na maioria das vezes você entra perdendo, mais sempre pode vir a ganhar!

Mais leveza e menos trabalho mental. A felicidade e o amor custa caro (não tente comprá-los numa liquidação, pois o barato sai caro).

Ah! Já ia me esquecendo do mais importante: Você precisa entender que você pode ser sua pior inimiga! Viva em paz com você e com o espelho. Assuma-se! Vista a sua camisa, acredite em você(quando a gente acredita no produto fica mais fácil vende-lo, ou seja, quando a gente acredita no que somos, no que falamos, ganhamos a credibilidade alheia).

Pronto! VocÊ já pode virar sua página.

Beijos

Lud Figueira

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Um beijo e não me liga mais

Ah! Como é difícil manter a palavra.

"É verdade. Eu menti. Menti e me preciptei para evitar um sofrimento futuro, como se eu tivesse bola de cristal. Conclusão: Meus pensamentos ainda possuem você como dono e eu, na ilusão de estar me "protegendo", questiono com o passar dos dias minha (feliz ou infeliz) decisão em me afastar de você. Me pergunto como você está. Se por acaso, meu rosto assalta seus pensamentos, se aquela noite te persegue como persegue a mim... Como um rápido envolvimento pôde me deixar assim? E as regras? E o jogo? E o lance de não se envolver? De não se apaixonar...."
(Trecho do Arquivo pessoal por Lud Figueira)


Ah! Paixão é um sentimento complexo, que não tem hora de chegada...Simplesmente vem, se instala e provoca as reações mais loucas num ser humano...É a perda do controle, é a busca incansável por mais uma noite, por "apenas" mais uma vez, tornando o ser em questão, prisioneiro de algo que não se sabe ao certo, mas perigoso de se aventurar...

De que vale a palavra dada? Mostrar amor próprio? Mais do que vale esse amor próprio se por dentro você se encontra destruída, arrasada...Será que evitamos um sofrimento ou o preciptamos?

Drama, drama, drama...

Cara certo ou cara errado?

Quem sabe...

Beijos

Lud Figueira

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

PEDE PRA SAIR

Homem come porque a mulher dá.
Mulher espera porque ainda acredita em Papai Noel. Sinto de coração informar à vocês, mas Papai Noel e coelhinho da páscoa não existem!
Se o homem tem namorada e quer ficar com você, NÃO se iluda: ELE NÃO VAI LARGAR A "FIEL" PELA "AMANTE".
Mulher que fala sobre sexo na televisão, não adianta: todos vão chamar de piranha; já se o homem falar de sexo na televisão, ele é o entendido e a pica doce do ano.
Sim, o mundo é machista. E daí?
Você saiu da night com um cara. E daí?
Você tem um pau amigo. E daí?
Você pegou mais de dois caras numa mesma noite. E daí?
O cara que você ficou não te ligou. E daí?
Vocês tiveram uma linda noite de amor trocando palavras para toda uma eternidade. Mas ele sumiu. E daí?
Você é solteira, nunca namorou e é mal vista por isso. E daí?
você é a favor do sexo casual. E daí?
E daí? E daí? E daí?

Cansei de brincar dessa palhaçada de ser a mulher perfeita, de ser a ninfa sexual, de ser a legal. Não sou legal, não somos legais e tentar consertar a fama de que mulher se igualou ao homem e agora eles tratam todas iguais, não estou nem aí.

Cansei de primeiros encontros, de sexos avassaladores, do cara musculoso, do ogro, do intelectual, do charmoso, cansei de todos.
Cansei das frígidas, das gostosonas, das bonitinhas para casar, das rebeldes.

A grande verdade é que falta tanto homem quanto mulher de verdade. E todos RECLAMAM! TODOS! Homens e mulheres RECLAMAM, mas todos ADORAM ESSA VIDA!

As festas continuam em alta. Os motéis, carros e camas espalhadas pela cidade estão cheios de arte e suor. Os celulares ganham cada vez mais espaço na agenda de telefone. As mentiras ganham cada vez mais criatividade e a manutenção está cada vez mais virtual: msn, facebook e outros sites de relacionamento acompanham o kit do blefe: "te vejo por aí!"

Pra que?

HOMENS E MULHRES continuam sozinhos, vazios e viciados em noites de ilusão.

Não tem remédio, não tem solução para esse mal do século.

Se você não aguenta, PEDE PARA SAIR!

Lud Figueira