segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Você tem uma nova mensagem

Ao Senhor Responsável por aquilo que me cativou,

Venho informar que estou imensamente decepcionada pela falta de notícias. Por esse silêncio que só me deixa mais perto do pessimismo e coloca a esperança de dias melhores, esquecida e abandonada em algum lugar.

Claro que, agradeço imensamente por essa inspiração depressiva, pois estou escrevendo cada vez melhor e minha modéstia continua a mesma.

Continuo com meu vício diário pelo mate com limão e aumentei um pouco os cigarros de filtro branco, mas isso é temporário.

Dei uma parada no mc donalds, pois estava ficando com a mesma forma do Cheddar. Além do mais, ir lá sozinha estava me deixando triste. Devorar dois sanduíches em minutos não tem a mesma graça. Tenho ficado longe dos doces e tirei umas férias do chiclete do Ben 10.

O campo profissional está se encaminhando positivamente.

Tenho pensado muito em você. Isso está me deixando tensa, porque não são pensamentos bons. Até porque você sabe que a única que pode ficar em silêncio aqui sou eu.

Minhas unhas cresceram e estão lindas. A minha sobrancelha está magnífica também e troquei o esmalte cinza pelo branquinho.

Não vi ‘enrolados’ porque é romance (estou evitando assuntos românticos). Mas levei minha irmã para passear. Tive um final de semana tenebroso com duas festas familiares (quase enlouqueci), mas eu sobrevivi.

Nem preciso comentar sobre meus terríveis pesadelos. Cada um mais macabro que o outro. Acho que estou ficando boa nisso. Cada história de arrepiar!

Estou morrendo de saudades de você. Isso é normal? Mas é muita mesmo, chega até a me assustar... (estou exagerando um pouco para dar mais ênfase).

Parei de assistir novelas. E filmes como o Homem de Ferro... Ando bem nostálgica.

Não sei como você está. Isso me incomoda e me deixa aflita. Você sabe que não fico muito sociável tensa. Tenho feito um milhão de monólogos, sozinha! E, nem as paredes me agüentam mais.

Tenho ficado constantemente com cara de pato sem calça e de avestruz branco (deixou de ser avestruz queimado, pois ando de mal com a praia).

Outro dia tive uma recaída daquelas e fui até o meu armário e num ato de loucura abracei meu vidro de perfume, aquele que eu usava quando saia com você. Mas, me recuperei e o guardei....

Bom, como você pode ter visto, estou sobrevivendo.

Sigo esperando-o.

Beijos

@ludfigueira

10 comentários:

Anselmo disse...

A saudade é um bichinho pro qual não inventaram remédio definitivo. O remédio tá dentro da gente mesmo. Mas eu acho que encarar a rotina que envolvia aquela pessoa sem ela vai nos acostumando mais a essa nova realidade.

Wilkertt disse...

xii ja vi q tem alguem aqui e esta loucamente apaixonadaa... isso e muito bom.. saudades? e isso e complicadoo.. sei como vc se sente.. conheço tbm esse momento depre... q vc esta passando, mas uma coisa eu te pesso, pelo amor de Deus vc nao me conhece mas seiro mesmo pare com o tal do cigarro... ja perdi muitos parentes queridos da familia por culpa dessa porcaria, e nao quero perder vc aqui postando seus incriveis momentos de alegrias e de tristesas tbm..

bjo

betto disse...

Não sei onde ele está, mas como diz o ditado "se a montanha não vem a maomé, maomé vai a montanha", esse é o unico jeito de driblar a saudade. Nem que pra isso precise de uma loucura. Sumir um final de semana e encontrar quem se ama, só aumenta pontos a nosso favor.

Natália Fontoura disse...

Ao Senhor Responsável por aquilo que cativou a Ludmila, um adendo: Toh de olho em rapaz, olha lá hein (brincadeirinha...). Cuide dessa guria, ela uma queridona e merece tudo de bom (isso é sério).

Ééééé Dona Figueira, saudade é uma coisa muy séria. Como o Anselmo falô antes, não há cura para saudade. Alguns a amenizam se apegando em recordações boas, fotos, músicas, cartas (cartas? oO). Porem, para outros esse "apego" é fatal e só serve para catalisar a saudade.

Pelo que li, a senhorita até que esta levando esse situação. Não me parece caso de internação por desespero. Mas oh, quem avisa amigo é... Se começar a cantarolar Cine, assistir Zorra Total e ouvir Restart, acho bom a senhorita procurar ajuda médica urgente (saudade assim mata oO)

Fernanda disse...

É super difícil não sentir falta da pessoa que ama.
A saudade é complicado pq tudo que fazemos faz lembrar da pessoa.
O certo a se fazer nessa situação é lembrar que isso passa, mais cedo ou mais tarde, até pq sentir saudades não é uma coisa ruim. Muito pelo contrario a saudade ajuda a perceber a falta que sentimos de alguem que esta distante.

vickycarvalho94 disse...

eu posso muito bem copiar e colar essa postagem no meu diário, pois é exatamente por isso que eu estou passando. :/

Thamires Tajra disse...

melhor remedio: tempo, lud arrasando sempre passando seus sentimentos!! perfeito

juliana disse...

aii to sofrendo tbm...

ale disse...

adorei isso amiga!
expos de forma magnifica seus sentimentos!

Anônimo disse...

Estou vivendo tudo isso! Doe D+ mas estou sobrevivendo,sem saber o que fazer vou seguindo né? fazer o que.