sexta-feira, 11 de março de 2011

Família é sempre família

Família é uma coisa engraçada: Uns não se entendem, outros convivem entre tapas e beijos, outros falam alto demais, outros fingem que não se conhecem, outros resolvem seus atritos com bate boca, outros partem para agressão, outros são muito bonzinhos, outros não brigam com ninguém e parecem que no lugar do sangue nas veias rola suco de maracujá. Tem os que falam mal, os que ferem com palavras, os que estão sempre ali, incondicionalmente... Os que amam demais, os que não perdoam e os que sempre estão de braços abertos te esperando a qualquer momento...

Amigos podem fazer parte da nossa família. Podemos ter mais intimidade com os nossos amigos do que com nossa própria família. Podemos, em alguns momentos, nos sentirmos mais seguros ao lado dos amigos do que da própria família. Mas, tem momentos que você vai lembrar que mesmo com tantas considerações, ele é seu amigo e ponto final.

Na hora da raiva esquecemos-nos de muitas coisas... Mas lembrem sempre: Mãe por mais louca que pareça, sempre tem razão...

Beijos

@ludfigueira

3 comentários:

Thamires Tajra disse...

E quando a gente pensa que ta sozinho no mundo, vê que realmente pode contar com a família!! Gostei do post girl!

Anônimo disse...

Familia, sempre todas iguais. umas com mais defeitos que as outras mais no momento em que necessaria estarão ali! otimo post, saudade dos seus contos no ppc em!hihi beeijo

Natália Fontoura disse...

Família agrega todos os estereótipos possíveis Já se foi o tempo onde aquela estrutura tradicional servia de exemplo para uma "família feliz". Felicidade hoje em dia é plural e apesar de todos os problemas, todas as mágoas, as diferenças... Família é família e ponto final.